INSCREVAM-SE NO NOVO CANAL

INSCREVAM-SE NO NOVO CANAL Terei que dar um tempo na organização e nas postagens aqui no GRATISVIDEOAULAS, mas continuarei postando novas aulas do vestibulando digital antigo e depois o novo. Boa sorte e Bons estudos. 
PESQUISAR
Custom Search

História - Soldados de Hitler 2. U-Boats

Hitler sabia que para ganhar a guerra na Europa era imperioso o controle do Atlântico, o que era óbvio, materiais estratégicos iam para EUA e Inglaterra pelo oceano, frentes do Mediterrâneo e África também recebiam apoios logísticos pelo mar. Então, ele confia a missão de ceifar o trânsito naval dos aliados com a mais furtiva das armas, os submersíveis U-boats (Unterseebootes). Com a entrada dos americanos na Guerra, o Almirante Dönitz, sob ordens de Hitler, ordena manobras livres no Atlântico, ou seja, guerra total (Total Krieg), afundar navios civis ou militares, caso haja sobreviventes, matar. Até o fim de 1942, grupos de submarinos, conhecidos como "alcatéia", atingiram a marca de 1000 navios afundados, 500 eram americanos (nestas cifras, 36 eram brasileiros); a Marinha de Guerra Alemã (Kriegsmarine) chamava de guerra de tonelagem (Tonnagekrieg). A supremacia destes "Lobos caçadores" iria chegar ao fim com avanços tecnológicos das embarcações e aviões de patrulhas dos aliados. Em janeiro de 1943, o presidente americano Roosevelt e o primeiro ministro inglês Winston Churchill, declararam como prioridade, a destruição total dos U-boats, lançando mão de uma força tarefa que iria causar grandes baixas ao contingente submarinista germânico. Dos 40 mil tripulantes de U-boats, 5 mil foram capturados e 30 mil foram mortos em ação; ou seja, para cada 4 homens que partiam em um U-boat, 3 eram mortos em ação, condenados para sempre em jazigos de ferro nas profundezas dos mares.Essa historia está neste compacto: "Soldados de Hitler -- U-boats", que faz parte de uma série de documentários intitulados: " Voices from Hitler's Army" da Cromwell productions, direção e produção executiva de Bob Carruthers e Gary Russell, além de grande equipe e participação especial de vários veteranos de guerra da Alemanha, que relatam em uma mistura de dor por ter matado e orgulho por ter sido soldado; a mais pura verdade de uma guerra maldita que esteve em curso numa época de paradoxal paixão, em que foi os anos 40

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

SIGA O BLOG POR E-MAIL

Followers